terça-feira, 21 de setembro de 2010

Aaah, o 'amor'

Eu na aula mais chata do mundo escutando musica com os olhos quase transbordando, pensando que as coisas são melhores se não forem.
Ele me olhando como uma criança olha para o céu, com todo o amor e inocência do mundo, escreveu num papel "A medida de amar é amar sem medidas. Te amo." Eu sorri e respondi "Também te adoro, querido." Mas pensei: Amar sem medidas porra nenhuma, tudo que é profundo doí e eu cansei de me doer toda, eu preciso aprender a viver na superfície das coisas.-e vale a pena?!-Aquele papel foi para o lixo e daqui a alguns dias a esperança do menino também vai para o lixo, e daqui a mais alguns dias ele vai estar olhando maravilhado para outra menina que talvez não esteja tão cansada como eu.

Um comentário:

luiz scalercio disse...

belissimo texto
costei muito.
quero parabenizar
ao seu trabalho do
seu blog que eu ajo
lindo de mas.
muito sucesso pra vc .